A Smartmatic é a principal empresa mundial de tecnologia eleitoral, tendo trabalhado para tornar as eleições mais modernas em países como a Noruega, os Estados Unidos, Itália, Bélgica, Bulgária, Estônia, Brasil e Argentina, entre outros.

Um dos objetivos do trabalho da Smartmatic é a melhora do acesso da população às eleições governamentais fazendo com que o processo democrático seja mais confiável, eficiente e transparente. 

Tecnologia e índice democrático

Hoje, a tecnologia é um dos principais pontos considerados para a realização do relatório de Índice de Democracia, estudo desenvolvido pela The Economist Intelligence Unit. As inovações tecnológicas possibilitam maior participação cidadã com melhorias nas urnas eletrônicas, com avanços em sua usabilidade e acesso em locais distantes de centros urbanos, por exemplo. Ou seja, cada vez mais, um grande número de países se preocupa com a evolução tecnológica em suas eleições. 

Atuação da Smartmatic

A empresa tem com um histórico de premiações pelos serviços prestados. Em 2018, a Comissão Europeia deu ao Centro de Excelência no Voto pela Internet da Smartmatic – Cybernética (SCCEIV), que permitirá que ela continue modernizando as técnicas e protocolos de criptografia de suas tecnologias de voto, prêmio de pesquisa parte do Programa Horizonte 2020.

Também no ano passado, a Smartmatic se tornou membro-fundadora do Conselho de Coordenação do Departamento de Segurança Nacional (DHS) para o Subsetor de Infraestrutura Eleitoral, que tem o objetivo de promover a segurança física e digital dos sistemas eleitorais dos Estados Unidos.

Em dezembro de 2018, se uniu com a CGI, que é uma das maiores empresas de serviços de consultoria de Tecnologia da Informação (TI) do mundo, para prestar serviços de software e infraestrutura técnica para a contagem eletrônica de votos nas eleições de Londres em 2020. 

Além das eleições em Londres, 2020 também será o ano em que o Condado de Los Angeles usará a Smartmatic como responsável pela integração dos sistemas, engenharia e fabricação das urnas que registrarão os votos da região.

Resultados da Bélgica

A Bélgica é outro destaque da atuação da empresa. O país permaneceu na liderança da automação eleitoral usando tecnologias e serviços desenvolvidos pela Smartmatic. Mais de vinte mil urnas foram implantadas em regiões como Flandres e Bruxelas, e também na comunidade de língua alemã do país, em eleições locais.

E o caso da Noruega

Já em Finnmark, norte da Noruega, a plataforma de voto online fornecida pela empresa possibilitou uma participação de 85,5% do eleitorado, um marco para o país. 

Antonio Mugica, CEO da empresa, diz que essa confiança depositada na Smartmatic valida o investimento em pesquisa e desenvolvimento durante a última década. O reconhecimento vem dos resultados positivos dos serviços prestados e a consequente ampliação da democracia nas regiões em que atuou.

COMENTÁRIOS